O futuro da tecnologia parte 1 de 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O futuro da tecnologia parte 1 de 3

Mensagem por brujah999 em Qua Dez 09 2009, 10:03

Bem pessoal eu vou postar aqui o futuro dos computadores, bem sabemos hoje que cabo optico, computadores quânticos e robos estão muito longe e de difício acesso para gente e por isso nem prestamos atenção.

Mais gostaria de deixar claro que não podemos correr o risco que muitas pessoas mais velhas cometeram com o computador, veja ai quantas pessoas correndo atraz de se atualizar para não perder os empregos tudo porque não se interessaram em estudar essa maquina que para a gente é de facil acesso e até facil compreensão.

Pensando nisso vou colocar aqui 3 materias que tem tudo a ver com a gente e que vai mudar nosso mundo de Hardware, Software e Rede nos proximos 5 anos.

Na Parte um vou falar da Captura de um Arco Íris, unh... como assim... bem preste atenção que apesar do titulo na materia fala que isso vai ajudar na criação de Roteadores Ópticos, imagine um roteador desses ^_^, bem leia abaixo mais sobre o assunto.

Na Segunda parte Falarei de um novo sistema para criação de Hardware o Transistor Atômico que já proporciona o uso do qbit(Bit Quantico).

Na Terceira Parte vamos falar em programação quântica que já pode ser feita usando o primeiro processador quântico pronto.

Boa leitura. ^_^

***************-----------------*********************------------------*****************

Arco-íris é aprisionado em armadilha de espelhos
Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/12/2009




A armadilha dourada de 4,5 mm de diâmetro aprisionou um arco-íris, que pode ser visto por meio de um microscópio. A pesquisa abre caminhos para inúmeros avanços nas telecomunicações e na computação óptica. [Imagem: Smolyaninova et al.]
Alçapão óptico

Em 2008, cientistas britânicos afirmaram ser teoricamente possível aprisionar um arco-íris em uma espécie de "alçapão óptico," que poderia, segundo eles, ser construído com metamateriais.

Metamateriais são materiais artificiais capazes de manipular a luz de forma não tradicional, como fazê-la refratar em ângulos negativos. São estes os materiais utilizados nas experiências de invisibilidade.

Curiosidade promissora

Agora, a equipe da Dra. Vera Smolyaninova, da Universidade Towson, nos Estados Unidos, colocou pela primeira vez a teoria em prática, demonstrando que os físicos britânicos estavam certo - é de fato possível capturar um arco-íris.

A Dra. Smolyaninova construiu um aparato incrivelmente simples, que é capaz de aprisionar o feixe de luz em seu interior.

No futuro, a técnica poderá ser útil para armazenar informações de forma totalmente óptica e para eliminar a necessidade da conversão entre eletricidade e luz hoje necessária para se fazer a comunicação entre computadores por meio de fibras ópticas.

Armadilha para arco-íris

A pesquisadora recobriu um lado de uma lente de 4,5 milímetros de diâmetro com uma película de ouro de 30 nanômetros de espessura. A lente, com a camada de ouro voltada para baixo, foi colocada sobre uma placa plana de vidro também recoberta com um filme de ouro.

Visto de lado, o espaço entre espelho curvo da lente e o espelho plano contém uma camada de ar com uma espessura decrescente, que tende a zero onde a lente toca o vidro - basicamente o que os físicos chamam de guia de ondas cônico ou afilado (tapered).

O estreitamento tendendo a zero vai forçando a parada dos diversos componentes da luz, uma vez que cada frequência, ou cada cor, não pode passar por uma abertura que é menor do que o seu comprimento de onda. A parada sequencial de cada comprimento de onda produz, na prática, um arco-íris aprisionado.

O menor comprimento de onda (luz azul) pára primeiro, na porção mais grossa do guia de ondas afilado. O maior comprimento de onda (luz vermelha) pára na porção mais fina do estreitamento.

Para observar o arco-íris aprisionado, basta olhar o conjunto de espelhos, usando um microscópio, a partir de cima. O arco-íris forma uma série de anéis coloridos concêntricos conforme a luz visível foge através da película de ouro do espelho.

Interesses tecnológicos

A realização do experimento é promissor porque o armazenamento da luz no interior de materiais sólidos torna possível manipular os fótons conforme a necessidade, usando-os para fazer cálculos ou para acelerar enormemente as redes de comunicação.

Na verdade, um único passo nesse sentido já teria um valor inestimável - a eliminação da necessidade de conversão dos sinais eletrônicos em sinais ópticos.

Isto hoje é necessário tanto para a interligação direta dos computadores com as redes de comunicação de fibras ópticas, quanto dentro das próprias redes, para o roteamento e a amplificação dos sinais transmitidos a longas distâncias.

bom

_________________

"Programadores são ferramentas para converter cafeína em código."
avatar
brujah999
Iniciante

Mensagens : 228
Data de inscrição : 14/10/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum